Canecas Bigode

Agosto 15, 2011 § Deixe um comentário

Sei que este não é o meu tipo de post, mas quando vi, achei muitíssimo interessante. Sou uma das pessas que considera um bigode um detalhe essencial em vários aspectos e principalmente em relação a personalidades! Quem não o diria?

Acompanhe

Agosto 11, 2011 § Deixe um comentário

Uma tarde beirutando…

Agosto 1, 2011 § Deixe um comentário

Hoje estou feliz. Escrevo por que preciso resumir em palavras os meus sentimentos. Sinto-me muitíssimo estúpida enquanto escrevo! É como tentar descrever uma obra de arte através de um texto técnico. Não existe lugar para a beleza nas coisas demasiadamente práticas e técnicas, a beleza tem de ser espontânea  e natural… Usar palavras para descrever as sensações que tive hoje me parece absurdo, mas tenho de fazê-lo.
Hoje, me senti dentro de mim, rindo, cantando. O som ainda ressoa na minha cabeça, me lembrando daquele dia tão especial que foi hoje! Me envolvi de verdade não só com a música, mas com o ambiente e principalmente com as pessoas.  Cada segundo ali era como um presente. Pode parecer muito, mas meu coração palpitou com uma vivaz sensação ao ouvir cada uma das músicas.
Aquilo tudo foi tão belo!
Gostaria de escrever mais, mas agora não posso, estou voltando a minha rotina presa e massante em poucas horas e preciso me preparar para ela.

por Constance, beirutando constante, interna e intensamente…

Show do Ringo Starr

Julho 8, 2011 § 1 Comentário

Vamos ter Show do Ringo Starr no dia 10-11! E quem estava sabendo?! Quem vai?! Claro que todos os fans de Beatles! Todos, homenagear o mais… bacaninha dos Beatles!

Depois de uma briga com Paul McCartney, Ringo Starr saiu do grupo durante a gravação do Álbum Branco, em 68. Voltou duas semanas depois.

Por que o Ringo saiu e não o Paul? Por que ele voltou depois de duas semanas? …

Os atuais favoritos

Junho 30, 2011 § Deixe um comentário

Agora que possuo os três cds, nada mais justo do que um post só para eles, até por que são a minha banda atual favorita… que vergonha, como pude atrasar tanto o post deles? Enfim, aqui estou para falar, prestigiar e argumentar sobre o possível fato de ter visto Kapranos no evento da Cultura Inglesa! Não acredito que eu fosse capaz de me enganar quanto a isso, sendo o Kapranos o meu atual favorito! Tenho tanta certeza que o vi quanto tenho certeza de que meu cabelo é quase ruivo!

Anyway. Um dia Anne me perguntou se existia algum motivo para que eu gostasse tanto de Franz Ferdinand. Pensei, pensei, pensei… e me justifiquei, mas a verdade é que procurar uma justificativa é em partes algo tão perigoso quanto acreditar em símbolos. Acho que esse tipo de coisa é muito singular, muito pessoal.

Na minha opinião, Franz Ferdinand é muito criativo sem ser exageradamente enfeitado. Gosto dos acordes, da voz do Kapranos, do estilo da banda,  do rítimo e principalmente das letras das músicas. E mais, eles diversificam sem perder a identidade, o que é algo extremamente raro.

Enfim, isso é o que Franz Ferdinand é pra mim agora. Não é pra pouco que tenho os três cds e uma camiseta!

Eles são sim, os atuais favoritos…

Hoje,Ontem?

Junho 30, 2011 § Deixe um comentário

Este é um diário sem datas. Já passou da meia noite há três horas mas eu ainda quero falar sobre como foi o meu dia

Hoje, foi um dia excepcionalmente bom (minhas palavras podem fazê-lo parecer ainda melhor do que realmente fora, mas devo levar em conta por mim mesma dois fatores: 1- minha escrita sempre é exuberante; 2- passei a dar valor a coisas simples). Para começar tive um período de 30 minutos com o meu professor favorito logo pela manhã (professor cujo não vou citar o nome, mas tenho quase certeza do conhecimento por meus colegas não apenas de seu nome como também de meu platonismo). Saí da escola após a prova com apenas quatro horas de antecedência, o que é um acontecimento raríssimo e de extrema generosidade do destino. Comprei o meu livro tão ansiado (Goeth, para os interessados ou apenas para que eu me recorde depois), e completei hoje finalmente a minha coleção de três cds do Franz Ferdinand. Passei por diversas bibliotecas e cheguei mais cedo no trabalho. Para que se acentue a agradabilidade do  meu dia preciso dizer que todo esse percurso foi realizado com a presença da Vitoria. Ultrapassei todas as minhas metas no emprego quando ninguém o conseguiu (preciso confessar o quão delicioso é o fato de ser o único a conseguir algo que mais ninguém consegue!). Para finalizar o dia, peguei o ônibus tranquilamente e não passei frio! Ao chegar em casa, tomei um banho com duração de 56min, falei com a Vitoria no telefone, e postei muitíssimo de muitíssimas coisas interessantes! Ainda para que eu possa finalizar essa explosão de otimismo, estou em férias escolares e amanhã poderei dormir sem um despertador impertinente.

por Constance, constantemente satisfeita com seu novo cd do Franz Ferdinand e Seu livro do Goeth.

A Verdade Dos Homens

Junho 25, 2011 § 2 comentários

Meu trabalho mais ilustre… nunca fiquei tão orgulhosa de uma obra pessoal, sei que é apenas o começo do meu trabalho como escritora, mas estou muito feliz que esteja indo tão bem, e que esteja sendo tão genial, do meu ponto de vista, pelo menos.

É a primeira vez que trabalho em grupo,  e tenho que dizer que é um grupo maravilhoso! Não pelo fato serem amigos tão interessantes, mas pela competência (talvez isso até tenha incentivado a amizade).

O projeto ainda está começo e muitas coisas ainda nem saíram dos projetos indefinidos, mas achei legal colocar um pouco de informação para divulgar e organizar minhas ideias.

Meu grupo:

Vitoria – Assistente de ideias, Designer e Co-criadora

Li – Instrutora, Conselheira, Assistente de ideias, Revisão

Anne Kleir – Revisão, Opinião

A verdade para:

  • O Pessimista – Rückblick Furtwängler
  • O Hipócrita – Hellisen Pacheibel
  • O Indeciso – Jullian Jones Frederich Owen Macmillan Podmore Goldestein
  • O Preconceituoso – August Salisbury
  • O Narcisista – Milles Maxwell
  • O Indiferente – Richard Willian Douglas
  • O Ciumento – Albert Milory Elphistone
  • O Invejoso – Anthony Straw
  • O Ninfomaníaco – Henry Jaggard
  • O Inseguro – Charlie Maloy

A estória se passara em diferentes lugares do globo, por isso alterações  ainda podem ser feitas com relação ao nome dos personagens, mas não apostaria muito nisso. A estória ocorrera entre os anos 1870 – 1930 (Belle Époque) por que acho inspirador!

por Constance, constantemente escrevendo…

Where Am I?

You are currently browsing the Novidades category at Old Consciousness.