Para quem quiser ler

Setembro 28, 2012 § Deixe um comentário

Alô para quem estiver entediado o bastante para ler isto.
Fico pensando o que leva as pessoas a lerem textos maiores que três palavras na internet e só essa reflexão escrita já soma mais de dez.
São, agora, 01h40 da manhã e eu tenho insônia, falta de vontade em dormir e desejo por expor qualquer coisa mais útil que alguns roncos (embora isso possa representar coisas diferentes para pessoas diferentes).
Só pra relatar virtualmente o meu estado de espírito (uma vez que eu estou sem canetas disponíveis para escrever no diário), gostaria de dizer que hoje me sinto especialmente vazia. Não fiz absolutamente nada e o dia passou numa velocidade atroz. Estou melancólica pela falta de tristeza, e uma leve percepção de ciúmes da minha parte me fez sentir idiota. Quero não ter sentimentos, tendo-os a todos eles. Estou presa a um pêndulo e de tanto querer sem querer absolutamente nada, estou completamente vazia. Sem expectativas. Sem remorsos. Um pedaço de carne reflexivo e transbordando hormônios de uma adolescência podre.
Só me restam dúvidas e dentre delas uma camada quase luxuriosa de insignificância geral das coisas as quais eu deveria ter mais afinco. É um cansaço do todo.

Preciso dormir.

Por Constance, constantemente a porcaria de um pedaço de carne reflexivo e transbordando hormônios de uma adolescência podre da escritora desse blog

Anúncios

Tagged: , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

What’s this?

You are currently reading Para quem quiser ler at Old Consciousness.

meta

%d bloggers like this: