De volta pela saudade de mim mesma

Dezembro 19, 2011 § Deixe um comentário

Sei que há muito abandonei este blog, com qual propósito? Não sei, talvez faltasse perspectiva ou criatividade, não digo leitores, pois estes nunca os tive, mas talvez um incentivo aprimorasse as minhas vontades para com meus escritos… e é neste momento em que re-leio o que eu mesma já escrevi e me sinto agradecida pela falta de leitores, pois julgo-me uma tola! Oh, isso mesmo tola, tanto quanto essa palavra pode parecer ainda hoje. De qualquer forma, o que me trás aqui novamente? Agora, neste momento? Gostaria de saber explicar de forma especifica e direta, mas não sei, existe algo muito mais ligado a uma sensação que a qualquer outra coisa. Senti saudades de mim mesma, senti saudades de Constance, senti saudades dos meus sentimentos e temi ignorar essas sensações sem delas fazer nota e sem elas poder recordar-me. A recordação é um bem valioso, por vezes esqueço-me disso e arrependo-me. Mas o que me trás aqui não é algo especifico, não é algo claro, não é tudo por aquilo o que escrevi anteriormente. O que me trás aqui é a vontade da posse de um acumulo de mim mesma que existe em cada uma dessas postagens.

Por Constance, constantemente Saudosa de si mesma

Anúncios

Tagged: ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

What’s this?

You are currently reading De volta pela saudade de mim mesma at Old Consciousness.

meta

%d bloggers like this: