A Idealização Antagônica Em Um Único Todo

Dezembro 19, 2011 § 2 comentários

Era todo amor, todo obsessão, todo sincero, todo puro! Era tão intenso e tão forte que era impossível resistir. A calmaria abraçava o diabo, que sorria, apaixonada! Olhem só, ela desenha na face a expressão de seriedade e êxtase, são mais perfeitos um para o outro do que se pode julgar possível. A liberdade é abraçada pela segurança. E a imaginação os prende em todos os seus desejos, ele cria, ela vive. Ela sonha, ele escreve! Ela canta, ele lê! Vivem suas vontades, às suas vontades. A idealização de amor e vida. Oh, a perfeição aos meus olhos. Juntos são um só, tudo aquilo que eu sempre sonhei. E talvez os sejam pois vivem os sonhos.

Anúncios

Tagged: , ,

§ 2 Responses to A Idealização Antagônica Em Um Único Todo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

What’s this?

You are currently reading A Idealização Antagônica Em Um Único Todo at Old Consciousness.

meta

%d bloggers like this: