Leitura pra tarde

Dezembro 19, 2011 § Deixe um comentário

São quase seis horas da tarde, mas não escurece porque estamos em horário de verão. Uma melancolia me envolve, me abraça, me beija, me cobre, me preenche. A janela do quarto está aberta, eu gosto da claridade, eu gosto do vento e do cheiro de chuva que vem com ele. Eu gosto da solidão do quarto e do livro que leio. Eu gosto da paz que envolve o ambiente e me deixa sentir com toda intensidade a tristeza dos meus pensamentos. Eu gosto de estar em harmonia com as minhas tristezas. Gosto de estar viva pela possibilidade de morrer. Gosto de imaginar que muito ainda pode acontecer, crendo que nada pode mudar. O que verdadeiramente me assusta e me apavora é somente a Constancia das coisas, a estabilidade, a falta de novidade… Oh, cá estava eu lendo autores modernistas novamente!

Por Constance, constantemente leitora e perdida.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

What’s this?

You are currently reading Leitura pra tarde at Old Consciousness.

meta

%d bloggers like this: