Felicidade nas coisas simples

Agosto 7, 2011 § Deixe um comentário

Nada é mais belo do que as coisas mais simples que existem! A felicidade, e não só a beleza estão sempre nas coisas simples. Escutar uma musica, quando tocada ao seu lado, cantá-la, envolver-se nela e praticamente vivencia-la com todo o sentimento que ela passa de forma indescritível.
Sair com os amigos para não fazer nada, simplesmente ter o melhor dia do mundo por estar com eles, sorrir sem um motivo óbvio, e sentir-se mais que a vontade com eles, a coisa mais sincera e pura, o sentimento mais feliz que se pode ter.
As flores nas árvores que contornam o caminho pelo qual você anda. Suas cores, e o seu toque delicado, e até mesmo o seu perfume quase imperceptível.

Cada risada, cada sentimento, cada tristeza, lágrima ou sorriso, não importa. Os sentimentos… Essa variação dentro de mim, me faz mais bem que qualquer outra coisa. E o que nos move aqui, são os sentimentos. Por isso, vendo-os nas coisas mais simples e bobas, podemos encontrar a satisfação de forma muito mais real e intensa que nas coisas que aparentemente nos parecem motivo de prazer.

Sei que tenho sempre, por instinto, doença ou seja lá o que for, mais motivos para me sentir mal do que bem! Mas o que é quantidade a qualidade?  Os bons sentimentos que sou capaz de armazenar, se é que esse termo é adequado, me fazem ter dentro de mim um arsenal de sensações muito maiores e válidas que qualquer tristeza ou ódio. Os sentimentos ruins nada nos trás se não lembranças, e seu acúmulo de nada nos vale para se não insatisfação. Nada é melhor que a felicidade, principalmente aquelas que não procuramos, simplesmente sentimos e observamo-as depois. Até mesmo a tristeza é um ótimo sentimentos, isso é variável de acordo com a forma como o observamos e sentimos.

Basicamente tudo se resume, não ao que sentimos, mas sim o que fazemos com aquilo que sentimos.

Os piores acontecimentos na sua vida pode-lhe servir como inspiração ou como desculpa. As suas maiores felicidades pode-lhe representar tudo o que demais você pode ter ou apenas um método de aproximação para mais. Não importa o que aconteceu com você, se você tem a escolha de como interpretar essas coisas na sua vida.

Viver é muito melhor do que lamentar.

Olhar para o nada e conseguir ver beleza em alguma coisa que sempre esteve lá e que por esse motivo nunca foi digno de valor é conseguir se sentir feliz de verdade. E vale muito mais que qualquer coisa que aparentemente o seja. A felicidade está na nossa frente e é por isso que ela é tão difícil de se encontrar. Muitas vezes só olhamos para aquelas coisas inalcançáveis que jamais teremos ou tocaremos. O que há afinal, de tão maravilhoso nas coisas distantes? Por que a ideia de se esforçar para ser feliz parece mais válida e real que a ideia de ser feliz com o que se tem por perto neste momento?

Não faça planos para ser feliz no futuro. Não se esforce tanto para conseguir algo que te trará a felicidade um dia. Seja feliz agora, olhe em volta, há mais motivos para ser feliz do que para se preparar para uma felicidade que não se pode ver!

Anúncios

Tagged: ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

What’s this?

You are currently reading Felicidade nas coisas simples at Old Consciousness.

meta

%d bloggers like this: